LINGUAGEM CORPORAL PARA GRAVAÇÃO DE VÍDEOS

A nova forma de conseguir impactar positivamente as pessoas é por meio de produção de conteúdo na internet, principalmente por meio de vídeos. Mas a grande maioria das pessoas se sentem constrangidas quando a câmera está ligada, ou sentem que sua espontaneidade vai embora. Se você é uma dessas pessoas eu preparei esse texto especialmente para você.

Eu sempre fui tímida, quando precisava falar e tinha mais de 2 pessoas olhando para mim, já podia sentir o meu rosto quente e as bochechas ficando vermelhas. Apesar dessas reações físicas eu conseguia expressar o que queria verbalmente. Era uma timidez que não me paralisava, mas que todos notavam e por diversas vezes as pessoas prestavam mais atenção na minha vermelhidão do que na minha fala.

Sabe o que eu fiz para lidar com isso?

A primeira coisa que me ajudou foi a dança, porque além dela me colocar em situações que eu me apresentava para um público de centenas pessoas, percebi que quanto mais eu ensaiava, mais eu me sentia segura com a coreografia que iria apresentar, quanto mais segura eu me sentia, mais tranquilo era fazer um espetáculo em um teatro lotado.

542790_10151262895044204_714144868_n

Confesso que o friozinho na barriga antes das apresentações sempre existiu, mesmo quando eu dançava profissionalmente. Mas esse frio na barriga, quando não é do tipo “aterrorizador” ele nos dá um foco, um estado de alerta necessário para entrar no palco, porque quando estamos confiantes em excesso, relaxamos demais e acabamos ficando negligentes.

Bom, mas porque estou contanto toda essa história?

Por 4 motivos:

#1 Primeiro, para você saber que isso acontece com 99% das pessoas, mesmos as profissionais do ramo.

#2 Segundo, para te dar esperança, de que há técnicas e treinos para melhorar esse “medo” da câmera.

#3 Terceiro, para te dizer que não existem milagres e mágicas na linguagem corporal, ela precisa de ensaios e treinos.

#4 E por último, para você não desistir e dar o primeiro passo agora para mudar isso.

Vamos lá ao que interessa!

O que você precisa fazer para melhorar sua comunicação nos vídeos?

varia eus

ENSAIAR: Ensaie bastante, não é no primeiro vídeo que sairá tudo perfeito. A prática fará com que você se “acostume” com a situação. Treine na frente do espelho, em um lugar que você esteja sozinho para não se sentir envergonhado. Grave vídeos dos ensaios e assista, assim você verá seu progresso vídeo a vídeo, o importante é que o segundo vídeo esteja melhor que o primeiro, não seja tão autocrítico, comemore cada passinho do progresso.

DOMINAR O ASSUNTO: Quanto mais você souber sobre o assunto que irá falar, mais fluído será o seu discurso. Fale sobre ele com as pessoas no seu dia a dia, na hora das refeições, em conversas informais em um café. Quanto mais você falar para as pessoas mais você irá dominar o assunto. A gente aprende muito ensinando os outros!

image012-245x300AUMENTAR SUA AUTOCONFIANÇA: Dominar o assunto e ensaiar já aumentará sua autoconfiança, mas aqui eu tenho uma dica a mais para você. As posições corporais ativam partes do cérebro e com isso desperta sentimentos específicos de acordo com a área que foi ativada. A neurociência comprovou que se ficarmos na posição culturalmente convencionada como de super-herói (vide imagem) por 5 minutos nos sentiremos mais confiantes.

 

A Linguagem Corporal é uma via de 2 mãos: 1) ela reflete o que estamos sentindo e 2) ela estimula nossos sentimentos.

Com isso, quero dizer que ficar nessa posição de super-heróis despertará em você um sentimento de autoconfiança, que por sua vez fará com que você assuma uma linguagem corporal que comunica confiança, inconscientemente.

LINGUAGEM CORPORAL QUE GERA CONEXÃO: Nos vídeos assuma uma linguagem corporal que comunique credibilidade, que evidencie suas qualidades e amenize o seu desconforto para não chamar tanta atenção do expectador a isso.

Olhe para a lente da câmera, como se estive olhando nos olhos do expectador, esboce um leve sorriso enquanto estiver falando, deixe os braços mais livres e em movimento, evite ficar segurando alguma coisa nas mãos, ou deixar os braços cruzados. Mova de vez em quando o tronco para as laterais, dando assim maior naturalidade ao seu discurso.

Imagine que a câmera é uma pessoa e que você está conversando com ela como se estivesse conversando com alguém no dia a dia, se para você facilitar, coloque uma foto de alguém que você se sente confortável em conversar e fale para a câmera como se estivesse falando com essa pessoa.

Essas foram algumas dicas rápidas para te ajudar com a produção de conteúdo em vídeo.

Se esse texto te ajudou, compartilhe com os amigos.

Até mais!