COM ESSA HABILIDADE VOCÊ VAI LONGE

O Fórum Econômico Mundial em seu relatório denominado The Future of Employment (O Futuro do Emprego) fez uma prospecção das habilidades exigidas para o mercado de trabalho em 2020. Dentre as 10 eleitas 5 estão relacionadas com a habilidade interpessoal: gestão de pessoas; trabalho em equipe; inteligência emocional; orientação de serviço; negociação.

Esses dados nos mostram a importância de desenvolver a habilidade da comunicação em todas as profissões e contextos. Muito em breve será uma aptidão que proporcionará destaque no mercado de trabalho e quem desenvolvê-las primeiro sai na frente.

Paul Ekman, professor de psicologia no departamento de psiquiatria da University of California Medical School, em São Francisco, mostra que dominar a linguagem corporal é uma ferramenta crucial para melhorar a relação com todas as pessoas de seu convívio. Em seu livro “A linguagem das emoções” mostra que aprender sobre a comunicação não verbal ajuda às pessoas a aperfeiçoarem quatro habilidades importantíssimas.

Essas habilidades são:

#1 Tornar-se mais consciente do momento em que você está ficando emocionado, antes de falar ou agir.

Sabe quando agimos por impulso e depois nos arrependemos do que fizemos? Essa é a habilidade mais difícil de desenvolver, aprendê-la possibilita alguma margem de manobra quando você se emociona. Conseguir identificar uma emoção quando ela está no caminho de aflorar, nos ajuda a reconhece-la e dominar as atitudes impulsivas.

#2 Escolher como você se comporta quando se emociona, atingindo seus objetivos sem prejudicar outras pessoas.

As emoções nos ajudam a alcançar nossos objetivos, sejam eles atrair pessoas para nos confortar, amedrontar um criminoso ou diversos outros. Escolher estimular sentimentos como o de autoconfiança, por exemplo, pode fazer toda a diferença em como iremos nos comportar e se iremos ser carismáticos aos olhos dos outros.

#3 Tornar-se mais sensível em relação à maneira como os outros estão se sentindo.

Como as emoções estão no centro de toda relação importante que temos, devemos ficar atentos com relação aos sentimentos dos outros. Saber os sentimentos e as necessidades que estão por trás da comunicação das pessoas é o que nos faz sermos empáticos em relação aos outros.

#4 Usar cuidadosamente as informações que você adquire a respeito do sentimento dos outros.

Às vezes, isso significa perguntar às pessoas a respeito da emoção identificada, reconhecendo como a pessoa está se sentindo. Oferecer a nossa empatia ao invés do julgamento é o que faz com que os maus entendidos sejam limpos na comunicação.