COMO FAZER UM ROTEIRO PARA UMA LIVE

Montar um roteiro antes de fazer uma live ajuda a organizar os conteúdos que você irá apresentar e as chances de você se sair bem nos momentos que precisa improvisar são maiores. Se preparar para esse momento fará com que você se sinta mais seguro no momento de falar ao vivo.

Tenha em mente que por mais que você monte uma estrutura de apresentação, pense nas possíveis perguntas que possam surgir e utilize as melhores estratégias de comunicação, sempre irão existir situações que você não previu. Desde a internet que resolve travar, até perguntas que você não pensou. Ninguém é 100% perfeito e nós não iremos agradar todas as pessoas, mesmo tendo a melhor comunicação do mundo! Persista, mesmo com a vergonha, com os imprevistos e com os deslizes, porque o que vai fazer você se sentir confortável nessa situação é a prática. Quanto mais autenticidade você colocar ali, maior será o seu carisma.

Antes de apresentar a construção do roteiro, gostaria de te fazer um convite, na próxima segunda-feira (18/03) eu fazer uma live com o tema: Como lidar com a insegurança e timidez na comunicação. Para assistí-la é só se inscrever em: https://linguagensqueconectam.com.br/inscricao-aula-ao-vivo

Para construir o roteiro separei aqui 5 passos:

#1 Definição do tema central:

Para definir o tema da sua live converse com a sua audiência, utilize os problemas e dificuldades que eles enfrentam no dia a dia. Mesmo se  o objetivo da sua live seja vender um produto, tenha em mente que as pessoas não compram “produtos”, elas compram a solução que o seu produto tem para o problema delas. Você pode saber mais sobre isso no texto: 3 dicas para você ser altamente persuasivo.

#2 A grande oportunidade:

Uma live dura em média 60 minutos, o cérebro humano presta atenção em algo em média durante 10 minutos, portanto para a audiência não ire embora você tem que estruturar o roteiro como se fossem 6 lives de 10 minutos. Isso quer dizer que você deve criar microciclos de entendimento do conteúdo e utilizar de gatilhos mentais nesses períodos para manter a audiência. Você pode saber mais sobre os gatilhos mentais no texto: Como usar os gatilhos mentais.

Como fazemos isso?

Logo no início da live você precisa apresentar o tema central como uma grande oportunidade, explique para o seu ouvinte que até o final da live ele encontrará a solução para o problema dele. Ao término desses microciclos de 10 minutos você relembra o ouvinte da grande oportunidade, por exemplo: “Vocês estão acompanhando aqui o meu raciocínio? Não desistam porque até o final da minha explicação você vai conseguir amarrar tudo e resolver o seu problema”ou “Você deve estar aí pensando o que isso tem a ver com o tema dessa live, mas segura um pouquinho a curiosidade que isso que eu estou te explicando serve de base para o que vem a seguir e se você quer realmente resolver o seu problema aguenta só mais um pouquinho que você vai ter o que você quer”.

#3 História pessoal:

Após apresentar qual é o tema central da live e qual a grande oportunidade que o ouvinte terá se ficar assistindo até o final, se apresente dizendo seu nome e conte resumidamente (aproximadamente 5 minutos) sua história pessoal de como você chegou nesse conteúdo que você vai apresentar para eles hoje. Contar sua história cria conexão com o ouvinte e mantém ele engajado ouvindo o que você tem para falar.

#4 Conteúdo:

Explique como normalmente as pessoas lidam/convivem com esse problema que é o tema central da live, quais as consequências, vantagens e desvantagens. Depois explique a forma em que você utiliza para resolver esse problema, quais as consequências, vantagens e desvantagens.

Quando você apresenta o conteúdo dessa forma, fica evidente que o que você está oferecendo realmente é uma grande oportunidade imperdível. Isso fará com que a audiência se sinta grata por ter ficado até o final te ouvindo.

#4 Chamada para a ação:

Se o objetivo da live era converter vendas para o seu produto/serviço, esse é o momento de fazer a venda. Comece fazendo um convite, por exemplo: “Pra você que ficou comigo até agora e quer se aprofundar no assunto, resolver de uma vez por todas o seu problema, eu tenho um produto para te oferecer”.

Se não tinha o objetivo de venda, esse é o momento para agradecer as pessoas que te acompanharam até o final e pedir para que elas compartilhem o conteúdo para as pessoas que elas acham que poderiam se beneficiar, seguir suas redes sociais para acompanhar mais conteúdos como esse.

#5 Fechamento:

“Pessoal, era isso que eu queria apresentar para vocês, quem tiver dúvidas me mande por aqui, que agora ficarei apenas respondendo as perguntas de vocês”. Nesse momento você deixa livre para sair as pessoas que não têm mais dúvidas e ao mesmo tempo se coloca acessível e disponível para aquelas que têm.

É importante após preparar o roteiro estudar a sua linguagem corporal na apresentação. Você pode ler conteúdos sobre isso no texto: Linguagem corporal para gravação de vídeos.